5.6.11

A privy seal to keep the feel of 1960 style

 Eu quero uma tarde regada à cafeína e conversas jogadas fora. Num antigo café escondido no subúrbio, livros de arte e alguém para ouvir as minhas teorias bobas. Eu quero um pôr-do-sol encorpado que sombreie os sorrisos de fim de tarde e as risadas sobrepostas. Um dia sem preocupação ou reputação, esquecer que tempo é pouco e os momentos não são muitos, um dia sem contar as horas, pra contar histórias, até o folêgo acabar.
 E que esquecamos as etiquetas, por favor, não precisamos levar tudo às direitas. E mesmo que não dure, que a gente mude, desapareça e até se esqueça, o verão vai continuar eterno. E que muitos outros se percam por pelo menos um dia, só por prazer, para deixar acontecer o que tiver que ser. Não quero perder nenhum segundo, quero correr, fugir desse mundo e criar o meu próprio envelhecer.

Trilha sonora: Piazza, New York Catcher - Belle & Sebastian

Au revoir!

2 comentários:

Eu fui as lágrimas no seu último vídeo sobre o último dia de aula! Aproveita ao máximo tudo aí! Bjs!
Oi Alice!
Eu pretendia comentar ao terminar de ler seu blog inteiro e chegar ao post mais recente (sim, comecei do início e pretendo ir até o fim!), mas esse post... Ah! Terminou de cativar o que você ainda não tinha. Eu vi todos seus vídeos atrasados também (awkward, eu sei) e queria dizer que às vezes parece que você é minha amiga! Acho que muita gente te diz isso, afinal, você é muito meiga e muito agradável a todos. E cara... estou apaixonada com esse texto. Você escreve muito bem e acho que Comunicação tem tudo a ver com você, afinal já é algo que você faz naturalmente bem. Me identifiquei bastante com você e com suas dúvidas e só fico triste por não te conhecer pessoalmente! Muito amor e muito mais conquistas em 2013 ♡

Postar um comentário

votre avis