27.12.10

Nouvelle année

Hoje já é dia 27 de dezembro, o que significa que daqui à 4 dias e um pouquinho o ano de 2011 começa oficialmente. Nossa, e como passou rápido. Eu ainda me lembro do primeiro dia de aula, todo mundo nervoso com os olhares críticos dos adolescentes mais velhos do colegial. E pensar que há um pouco mais de duas semanas as aulas acabaram e eu já nem ligava mais para opinião de ninguém, só queria ir pra casa o mais rápido possível.
E logo, logo, tudo isso vai começar de novo, só que para mim em outra cidade, outro país, com outras pessoas.
Mesmo assim eu resolvi manter a minha tradição e fazer a velha e boa listinha de resoluções para o ano novo, dessa vez um pouco mais realista (vamos encarar, eu nunca viraria uma cantora internacionalmente famosa aos 14 anos):


1. Bom, eu acho que ainda vou chegar à esse ponto aqui no blog quando eu estiver preparada, mas uma breve explicação desse primeiro item é de que eu sempre fui gordinha, e, até o meio desse ano eu não conseguia mudar nenhum dos meus hábitos para melhorar isso. Então eu finalmente tomei coragem e fiz o que eu tinha que fazer, emagreci nove quilos e agora, para me sentir mais confortável comigo mesma,  chegar aos 50 seria ótimo.
2. Eu sou uma daquelas pessoas que tem muita dificuldade em começar a fazer alguma coisa regularmente. Sim, eu mantenho bem, mas o começo é que é difícil para mim. Acho que levantar a bunda do sofá e ir para a academia pelo menos três vezes por semana já seria um grande avanço.
3. Esse é um dos tópicos mais importantes da lista inteira, e uma coisa que para mim é totalmente indispensável. Eu realmente acho que ser saudável muda tudo na sua vida, até o jeito de pensar (e principalmente o jeito de comer), mas com certeza é uma tarefa bem difícil. Como diz o ditado: "Mente sã, corpo são".
4. Eu nem preciso dizer nada sobre isso, não é mesmo?
5. Desde o começo desse ano eu venho assistindo alguns vídeos em canais no Youtube relacionados à intercâmbio, video blogs que mostram a vida do intercambista. E esse acabou sendo um dos principais fatores que contribuíram para a minha decisão de ir pro Canadá. Então eu decidi que seria super justo começar um vlog desse tipo para compartilhar todas as dicas que eu puder dar, até os medos, inseguranças, e todo o tipo de novas experiências que eu passar previamente e, mais tarde, em Montreal.
6. Positividade é muito importante, principalmente nesse momento da minha vida. Todo mundo diz que os adolescentes são todos iguais, reclamam de tudo e se revoltam o tempo inteiro. Às vezes isso é bem necessário, mas vamos evitar sempre que der, não é mesmo?
7. Quando eu era mais nova, meus pais tentavam de tudo para me fazer arrumar o quarto ou os rastros de bagunça que eu deixava pela casa. Confesso que esse ano eu fiquei muito orgulhosa de mim mesma com a minha organização, que vem melhorando bastante, mas eu quero MUITO que isso seja refletido no intercâmbio.
8. Doce, doce, doce. Quem no mundo não gosta de doce? Os itens 1 e 3 já excluem a possibilidade de eu continuar sendo tão formiga quanto agora, mas eu sinto que isso é algo que realmente precisa ser reforçado na minha cabeça, já que a minha empregada, a Selma, não facilita as coisas por aqui.
9. Esse ano eu deixei muitas coisas passarem por ter medo do que podia acontecer, por dizer não. E eu quero que ano que vem seja diferente, eu quero aceitar mais oportunidades, deixar esse receio um pouco de lado.
10. Papai agradece.
11. Esse tópico tem super a ver com o 9, eu acabo deixando de fazer coisas por me preocupar demais. Ou até mesmo tentando controlar tudo, cuidar de tudo. É claro que se importar, e tentar fazer o melhor possível é ótimo, mas nada é bom quando é demais.
12. Nossa, esse ano foi BEM complicado. Eu nunca fui uma má aluna, nem nada, mas as coisas apertaram e eu me vi, pela primeira vez, em uma situação de ter que passar alguns finais de semana em casa revisando a matéria inteira para a prova de alguns dias depois. É, eu poderia muito bem ter distribuído isso melhor e feito um pouquinho por dia, mas eu resolvi deixar para a última hora porque eu tinha certeza de que no final iria ficar tudo bem. Ok, na verdade deu tudo certo mesmo, minhas notas estão todas a cima, mais quem me garante isso da próxima vez?
13. Compor músicas é o meu jeito de escapar um pouco e me expressar. Mas ultimamente eu tenho odiado tudo o que eu escrevo e acabo deixando inacabado. Em 2011 eu quero me dedicar mais à esse lado e tentar encontrar um estilo que eu realmente goste e me sinta confortável.
14. (:
15. Acho que esse item representa mais ou menos uma junção de todos os outros, do meu post anterior, e do primeiro post que eu escrevi. Esse sim é o mais importante para mim, o que mais tem significado em relação ao que eu tenho pensado e passado e o que eu quero para mim, quem eu quero ser.

2 comentários:

Qual areá quer estudar no seu intercâmbio?

Postar um comentário

votre avis